Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Parque Natural Municipal Chapéu das Águas

Publicado em 29/09/2008 às 00:00 - Atualizado em 05/02/2014 às 14:31

Foto_Evelise_Abromovizt_Thiesen Baixar Imagem

Parque Natural Municipal Chapéu das Águas

A área destina para a criação do Parque Natural Municipal Chapéu das Águas, localizado no Município de Vidal Ramos, abriga belas paisagens, mas seu principal objetivo é a proteção da água que abastece o centro da cidade.

Sua denominação, além de indicar este objetivo de proteção à água, lembra uma estrutura rochosa popularmente conhecida por "Chapéu do Sol", onde inicia as primeiras nascentes desta Unidade de Conservação (UC). Num momento em que a maioria dos municípios brasileiros está perdendo seus mananciais; Vidal Ramos busca, na criação desta área de proteção integral, a garantia de água de qualidade para suas futuras gerações.

A corrente idealizadora desta Unidade de Conservação iniciou-se no final da década de 90, com a percepção da perda da qualidade da água bruta disponível à Estação de Tratamento de Água, CASAN.

No ano de 2007, com a possibilidade da instalação da Fábrica da VOTORANTIM CIMENTOS BRASIL LTDA, no município, aconteceu uma reunião do EIA-RIMA. O Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e respectivo Relatório de Impacto Ambiental (RIMA). Nesta ocasião foram feitos diagnósticos ambientais, detectando as fragilidades dos diversos meios envolvidos na implantação de um empreendimento, ou sua ampliação. Nesse estudo, a detecção de pontos críticos, sob o ponto de vista ambiental foi avaliada, buscando soluções econômicas, visando formas de desenvolvimento sustentado, aliados as atividades de conservação e proteção da natureza.

Ficou clara a possibilidade da criação de uma Unidade de Conservação, tanto nas exigências legais, a exemplo da Lei 9.985 de 18 de junho de 2000, quanto no atributo à responsabilidade sócio-ambiental do grupo Votorantim.

De onde vem os Recursos

O Grupo Votorantim deve depositar 0,5% do total dos empreendimentos realizados em Vidal Ramos em uma conta destinada a criação, recuperação e manutenção de parques e unidades de conservação espalhadas pelo estado de Santa Catarina, este valor fica próximo a R$ 2 milhões.

O grupo gestor do Parque Chapéu das Águas, através de ações junto à comunidade reivindica que estes valores sejam aplicados na criação deste novo parque.

 Portanto, existe a possibilidade de que, o Grupo Gestor do Parque Chapéu das Águas administre a preservação e recuperação de toda a delimitação do Parque Natural apoiando os trabalhos ambientais em todo o território de Vidal Ramos e cidades vizinhas afetadas pelo empreendimento. A meta é, em 70 anos de parcerias construir uma grande teia, trazendo benefício, não só ao centro da cidade de Vidal Ramos com água de qualidade, mas fazer com que, cada propriedade do "Berço do Itajaí Mirim" tenha seu próprio "Chapéu das Águas". Pretendendo desta forma, mitigar e compensar os impactos ambientais negativos, resultantes das atividades antrópicas desenvolvidas neste município.

Avaliação Técnica da área

Na quinta-feira 24/09/2008, estiveram reunidos no município de Vidal Ramos uma equipe de técnicos da FATMA. Com a presença do mediador deste projeto, Ecólogo Leandro Jerônimo Lyra, o grupo visitou toda a área, avaliando o local proposto para a construção do Parque Municipal Chapéu das Águas.

Neste mesmo dia, alguns membros da comunidade de Vidal Ramos apresentaram para a equipe, na sala multimídia do Complexo Educacional "Prefeito Antônio Goedert", uma pequena peça teatral intitulada "Chapéu das Águas"; escrita pelo Vidalramense Rogério Henrique Jonck, que atualmente reside em São Paulo.

Beloni Pauli Marterer, Bióloga MSc. Gerência de Unidades de Conservação e estudos ambientais. Diretoria de proteção dos ecossistemas
Fundação do Meio Ambiente FATMA, em seu pronunciamento ao final da apresentação da peça, destacou que este projeto em si já tinha causado boa impressão pela documentação apresentada.

"Já contavam com apóio técnico e agora passa a contar com apoio do coração, pelo envolvimento da comunidade" salientou Marterer.


Galeria de Imagens

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar

Galeria de Arquivos